BDRs

BDR do Nubank vai mudar de categoria nesta sexta (11); veja o que fazer

A mudança de categoria do BDR da empresa não deve ter impacto para o investidor, mas será necessário escolher o que fazer com o papel até essa sexta-feira, 11/08

Aplicativo do Nubank no celular. Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil
O banco manterá sua presença na bolsa, mas seu ticker será alterado durante a mudança do BDR do Nubank. Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Por Redação B3 Bora Investir

O banco digital Nubank vai mudar a categoria de seus Brazilian Depositary Receipt (BDRs) e o investidor da companhia tem até essa sexta-feira, 11/08, para decidir o que fazer com os papeis. Para quem decidir manter o BDR, a grande mudança é que os códigos dos ativos passarão de NUBR33 para ROXO34, sem qualquer outro impacto na vida do investidor

O Nubank decidiu alterar a categoria dos seus BDRs, que se enquadram como “Patrocinado Nível III” desde o IPO em 09/12/21, para o “Nível I Não-Patrocinado”. A mudança de categoria, de acordo com a empresa, foi feita para garantir que os BDRs continuem a ser listados e negociados na B3, a Bolsa de Valores do Brasil, mas com uma maior eficiência de custos para o banco digital.

“Com essa alteração de categoria, não haverá nenhuma mudança significativa para o investidor de varejo além da troca de ticker do BDR, de NUBR33 para ROXO34”, diz Thalita Forne, gerente de produtos listados da B3.

BDRs: o que são e como investir em ações de empresas estrangeiras na B3

Quais as opções para o investidor?

No dia 10/07 deste ano, a fintech enviou um comunicado aos investidores avisando sobre a mudança. A nota diz que os detentores de BDRs do Nubank têm entre os dias 13/07 e 11/08 de 2023 para escolher entre três opções:

  1. Converter seus BDRs em ações da NYSE, a bolsa de valores dos EUA onde a Nubank está listado; 
  1. Optar por continuar com os seus BDRs e trocar, somente, a categoria de Nível III por Nível I (ou seja, ver o nome mudar de NUBR33 para ROXO34 e manter o ativo na carteira); e
  1. Vender as ações que lastreiam os BDRs (neste caso o investidor receberá o valor da venda e deixará de ser detentor do BDR).

Para quem não tomar nenhuma medida até essa sexta-feira, 11/08, a opção 3 será automaticamente aplicada. Isto é, as ações entram para venda no pregão da NYSE compulsoriamente, e o investidor receberá o valor da transação. 

O que muda com a troca de categoria do meu BDR do Nubank?

Para o investidor pessoa física, a troca de categoria dos BDRs não trará nenhuma mudança significativa além da alteração no ticker. “O investidor deve ficar atento ao prazo de manifestação, caso tenha interesse em continuar como detentor dos BDRs do Nubank”, esclarece Forne.

Como a venda do BDR será feita?

Os investidores que optarem por vender os BDRs receberão o valor equivalente pelos ativos com os impostos já descontados. Os valores em dólares serão convertidos em reais de acordo com a taxa de câmbio atualizada, e o saldo da transação será depositado na conta do Nubank, no caso dos NuSócios, e na conta de investimentos de quem tiver comprado o BDR.

É possível fazer a venda através do home broker, manualmente, ou esperar pelo prazo da decisão. Se nenhuma opção for tomada até o dia 11/08, a posição será vendida pelo preço corrente do mercado automaticamente, e os investidores receberão os valores da mesma forma.

Como fazer a conversão do BDR da Nubank em uma ação?

A proporção dos BDRs para as ações da Nubank é de seis para um. Ou seja, um BDR corresponde a ⅙ de uma ação da empresa. Por isso, só será possível obter uma ação da NYSE tendo, no mínimo, seis BDRs ou um número múltiplo de seis. 

Para trocar seus BDRs da empresa por ações da NYSE, é preciso ter uma conta em uma corretora autorizada a operar na bolsa americana antes da solicitação do cancelamento de seus BDRs. Ou seja: a conta já deverá estar ativa antes desta sexta-feira, 11/08. Também é preciso ponderar os custos da abertura e manutenção de conta corrente e de custódia com a corretora, que deverão ser pagos pelo investidor.

Para mais conteúdos sobre investimentos, confira os conteúdos gratuitos do Hub de Educação Financeira da B3. Esse, por exemplo, é sobre Como Investir em Ações no Exterior.

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.

Últimas notícias