Notícias

7 fatos e frases que resumem a 2ª semana de dezembro no mercado e na economia

Nova redução na Selic, perspectiva de baixa dos juros nos EUA e inflação em direção à meta. Semana teve ainda recorde histórico do Ibovespa e pacote de austeridade na Argentina

Foto do edifício do Banco Central localizado no Setor Bancário Sul em Brasília. Foto: Rmcarvalhobsb - stock.adobe.com
Há 16 milhões de CPFs cadastrados para investir no Tesouro Direto, com 1,8 milhão ativos. Foto: Rmcarvalhobsb - stock.adobe.com

Por Redação B3 Bora Investir

A nova redução dos juros no Brasil, com a Selic em 11,75% ao ano, era esperada pelo mercado. Assim como a manutenção da taxa nos Estados Unidos. A surpresa mesmo veio com o discurso do presidente do Fed. Jerome Powell afirmou que provavelmente o BC americano já terminou o processo de subida dos juros.

A declaração foi como música nos ouvidos dos investidores, que passaram a precificar uma redução dos juros americanos já no 1º semestre de 2024. Essa perspectiva levou a Bolsa do Brasil ao maior patamar nominal (descontada a inflação) de fechamento da história. 

Na Argentina, o pacote econômico de Javier Milei pretende cortar gastos públicos equivalentes a 5% do Produto Interno Bruto. Nas finanças, teve B3 Convida com a empresária Mica Rocha.

Relembre, a seguir, os principais fatos e frases que marcaram a semana:

1) “OS INVESTIDORES PODEM SE PREPARAR PARA UM CICLO DE CRESCIMENTO MAIS SUSTENTÁVEL, COM BAIXA INFLAÇÃO E BAIXO DESEMPREGO”. (Fernando Haddad, ministro da Fazenda)

O Comitê de Política Monetária reduziu em 0,5 ponto percentual a taxa básica de juros. A Selic agora está em 11,75% ao ano, menor patamar em dois anos. Os membros do Copom sinalizaram uma nova redução na mesma proporção na próxima reunião.

A decisão foi comemorada pelo ministro da Fazenda. Fernando Haddad afirmou que a decisão do Copom e os indicadores de inflação mostram que a política econômica está no caminho certo. 

A nova queda da Selic já era esperada pelos investidores, que voltaram a fazer as contas de onde vale mais a penas começar a aplicar. O B3 Bora Investir ouviu especialistas para saber quais as melhores oportunidades de investimento neste novo cenário. Também detalhamos quanto vai render agora uma aplicação de R$ 10.000 no Tesouro Direto.

2) “SABEMOS QUE HÁ RISCO EM SEGURAR JUROS ALTOS POR MUITO TEMPO”. (Jerome Powell, presidente do Federal Reserve)

O Federal Reserve manteve a taxa básica de juros no patamar entre 5,25% e 5,50% na última reunião do ano. O movimento era esperado pelo mercado, mas a sinalização de que o ciclo de ajustes monetários pode ter chegado ao fim animou os investidores.

Jerome Powell afirmou que a autoridade monetária provavelmente já terminou de aumentar a taxa básica de juros, mas manteve aberta a opção de agir novamente, se necessário. Diante da fala do presidente do Fed, diversos bancos estrangeiros anteciparam a suas expectativas para o início do ciclo de flexibilização monetária nos EUA

3) IBOVESPA ATINGE O MAIOR PATAMAR DA HISTÓRIA

A amplitude entre os juros dos EUA e a Selic alcançou o menor patamar em mais de três anos, com os dois indexadores apontando uma diferença de 6,25%. Esse movimento beneficiou a renda variável.

Na semana que passou, a Bolsa do Brasil atingiu o maior fechamento da história em valor nominal (sem descontar a inflação), superando a marca anterior, de 130.776 pontos, registrada em 7 de junho de 2021.

Juros mais baixos nos Estados Unidos reduzem a rentabilidade dos títulos públicos do país e favorecem os ativos de risco, como o mercado de ações. Os sinais advindos do Fed, de que os juros devem começar a cair em 2024, também impulsionaram as bolsas internacionais. 

4) BRASIL E EUA EM PROCESSO DE DESINFLAÇÃO

Pelo lado da inflação, as economias do Brasil e dos Estados Unidos permanecem com um processo de queda nos preços – apesar de alguns repiques pontuais, como aconteceu em novembro.

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo avançou 0,28% no mês passado, ante uma alta de 0,24% em outubro. Apesar da leve aceleração, em 12 meses a inflação acumula avanço de 4,68% – abaixo do teto da meta perseguida pelo Banco Central, que é de 4,75%. 

A inflação subiu 0,1% em novembro nos Estados Unidos, após uma estabilidade no mês anterior. Apesar da leve alta, o índice de preços de gastos com consumo ficou em 3,1% na taxa anualizada, dentro do projetado pelos analistas.

5) “NO HAY PLATA”. (Javier Milei, presidente da Argentina)

O governo da Argentina apresentou seu primeiro pacote fiscal para tentar conter a crise econômica, uma das piores da história e que mergulhou o país em um espiral de hiperinflação e aumento da pobreza. 

Dentre as principais medidas estão um corte dos gastos públicos equivalente a 5% do Produto Interno Bruto do país, desvalorização do peso em relação ao dólar e a suspensão de novas licitações.

Parte das medidas anunciadas pela equipe de Javier Milei, em especial um aumento provisório do imposto de importação, pode diminuir o fluxo de vendas do Brasil para o país vizinho.

Para os brasileiros que pretendem viajar à Argentina, apesar da desvalorização, o câmbio segue atraente para turistas, mas a cotação no paralelo (dólar blue) deverá ser um ponto de atenção para quem planeja visitar os nossos hermanos.

+ Réveillon 2024: quanto custa passar o Ano Novo na Argentina

6) B3 CONVIDA MICA ROCHA: “O EMPREENDEDORISMO É UM CAMINHO NÃO LINEAR, QUE NÃO TEM MANUAL DE INSTRUÇÕES, A NÃO SER A SUA INTUIÇÃO”.

O B3 Convida desta semana conversou com Mica Rocha – empresária, publicitária, influenciadora digital, apresentadora e autora de best sellers.

A executiva falou dos desafios de ser uma mulher empreendedora, deu dicas de como fazer o seu negócio render e não escondeu frustrações passadas durante a sua jornada. “Às vezes o empreendedor dá uma “sangrada”, mas ele também precisa saber a hora de fechar a torneira”, contou. 

7) DÍVIDAS E CONTAS

Com a chegada do fim do ano e início do próximo, as contas começam a chegar e as dívidas ainda sem quitação passam a preocupar os brasileiros. Vale então a pena pegar um empréstimo para quitar as pendências? A troca só vale se os juros forem menores do que os pagos atualmente.

Na semana que passou, o governo prorrogou o programa de renegociação de dívidas, o Desenrola Brasil. Agora o acesso ao sistema para renegociar débitos foi alterado, sendo possível participar a partir do nível bronze de cadastro no gov.br.

IPVA e IPTU: vale a pena pagar à vista com desconto ou parcelado? O B3 Bora Investir também conversou com especialistas para entender e sanar de vez essa questão.

Tire o dinheiro da poupança e planeje seus objetivos com melhores investimentos! Para saber como fazer isso, confira este curso gratuito oferecido pela B3.

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.

Últimas notícias