Mercado

Ibovespa fecha em baixa intensa puxada por Focus e ata do Fed

Principal índice da bolsa registrou perdas de 1,85%, aos 107.152

Balcão da b3 em frente a uma tela com gráficos
Bolsa de valores: fôlego curto no exterior e agenda esvaziada no país devem limitar desempenho do Ibovespa. Foto: Divulgação

Por Guilherme Naldis

Bolsa do Brasil (B3) teve desempenho negativo durante todo o pregão de hoje. O Ibovespa encerrou em baixa de 1,85%, aos 107.152 pontos.

Em razão da quarta-feira de cinzas, a Bolsa teve seu horário de funcionamento reduzido, com início às 13h – o que depreciou a liquidez do mercado. O volume negociado nas compras e vendas foi de R$ 15,2 bilhões. Devido ao Carnaval, que suspendeu as atividades do mercado entre segunda (20) e terça-feira (21), os ativos nacionais passaram por uma realização de ganhos após perdas intensas nas bolsas americanas durante o nosso feriado.

A operação pessimista se intensificou com a publicação do boletim Focus, do Banco Central. O relatório demonstrou que o Mercado espera que a inflação para este ano seja de 5,89%, ante a expectativa da semana passada, de 5,79%. O resultado está acima da meta de inflação definida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), de 3,25%, e da sua margem superior, de 4,75%.

A divulgação da ata da última reunião do Federal Reserve (Fed), o Banco Central americano, não chegou a mexer muito com o índice visto que o documento veio em linha com o esperado. Na carta, os dirigentes da autoridade monetária dos EUA revelaram interesse em encerrar o ciclo de altas de juros, ainda que a inflação arrefeça. Para isso, devem seguir aumentando os juros em menor escala, diz a ata.

+ Como investir em commodities? Aprenda a aplicar na bolsa

Mercado externo

Lá fora, bolsas americanas encerraram o pregão em queda moderada após o Fed confirmar a sequência do aperto monetário. Os três principais índices de Wall Street reagiram negativamente à ata e apagaram os ganhos do que havia sido um dia relativamente positivo – visto que, na sessão anterior, as ações dos Estados Unidos caíram mais de 2%. O S&P teve queda de 0,12%, enquanto o DowJones fechou em -0,25%. Enquanto isso, o Nasdaq recuperou a alta com timidez, e fechou o dia ganhando 0,13%.

Já o dólar se valorizou 0,14% perante ao real, com cotação de R$ 5,16. A razão está na expectativa de novas subidas de juros básicos nos EUA, o que favorece a compra de dólares e os rendimentos de seus títulos da dívida pública.

O Fed também pesou no petróleo, que decaiu aos níveis mais baixos em duas semanas já que a demanda por combustíveis está entre os componentes dos dados econômicos que preocupam a autoridade americana. Os contratos futuros com vencimento em abril do WTI recuaram 3,20%, aos US$ 73,92, e os do petróleo do tipo Brent (usado como referência no mundo) para a mesma entrega caíram 3,07%, com preço de US$ 80,50

Confira os conteúdos gratuitos do Hub de Educação Financeira da B3 e saiba tudo sobre investimentos e finanças pessoais.

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.

Últimas notícias