Notícias

Comitê de Basileia: como funciona o Banco Central dos bancos centrais

Menos famoso que a ONU ou o Banco Mundial, o Comitê de Basileia é uma instituição financeira multilateral importante para o funcionamento da economia global

Fotografia do prédio sede do Comitê de Basileia. É um edifício cilíndrico com dezenas de andares. Ao fundo, se vê um céu azul com poucas nuvens
O comitê se supervisão bancária é sediado em Basileia, a terceira maior cidade da Suíça Foto: Michael Derrer Fuchs - Adobe Stock

Por Guilherme Naldis

Os Bancos Centrais estão na boca do povo e há um porquê. Com a alta da inflação no mundo inteiro, estas instituições são as responsáveis por combater o aumento dos preços por meio do ajuste da taxa de juros. Mas você sabia que, por trás do Bacen e do Federal Reserve, há um outro Banco Central ainda maior e que dá diretrizes para os BCs de vários países?

O chamado Comitê de Supervisão Bancária de Basileia, ou apenas Comitê de Basileia, é uma organização internacional composta por vários países. De vez em quando, estas nações enviam seus representantes da política monetária, presidentes ou diretores dos Bancos Centrais, para discutir o sistema financeiro mundial e pensar em como aprimorá-lo. 

Zona do Euro, FMI, OMC, OCDE: quem é quem na economia mundial

Quem é quem na estrutura do sistema financeiro nacional?

O objetivo do organismo é fortalecer a solidez dos sistemas financeiros, estabelecer padrões de boa conduta e debater questões relacionadas à indústria bancária. O Brasil já segue os acordos de Basileia há algumas décadas, mas passou a integrar seu conselho em 2009. Desde então, o país é considerado “conservador” na adesão das recomendações do órgão — o que torna nosso sistema financeiro muito sólido, segundo especialistas ouvidos pelo Bora Investir

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.