Mercado

Mercado financeiro hoje: feriado nos EUA reduz liquidez global em semana de Davos

No Brasil os investidores monitoram os desdobramentos do caso das Americanas e Lula discute possibilidade de novo salário mínimo

Cédulas de cinquenta reais
Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Por Redação B3 Bora Investir

A semana começa com o feriado de Martin Luther King Jr nos Estados Unidos, enquanto no Brasil os investidores monitoram os desdobramentos do caso das Americanas. Na Suíça hoje é o primeiro dia do Fórum Econômico Mundial em Davos, que amanhã terá a participação dos ministros Fernando Haddad (Fazenda) e Marina Silva (Meio Ambiente).

A agenda da semana traz ainda dados da economia chinesa, divulgação do Livro Bege do Federal Reserve, o Banco Central americano, índice de preços ao consumidor (PPI) dos EUA e decisão de política monetária do Banco do Japão (BoJ). Previstas ainda a publicação da inflação ao consumidor do Reino Unido e da zona do euro, além de balanços de gigantes como Goldman Sachs, Morgan Stanley e Netflix.

Mercado externo e interno

Nesta segunda, 16/1, o feriado de Martin Luther King Jr nos Estados Unidos deve reduzir a liquidez dos mercados globais, já que as bolsas americanas estão inoperantes, enquanto as europeias seguem com pouco fôlego. Na Ásia, as bolsas ecoaram a alta das bolsas de Nova York na sexta-feira após dados mais fracos de inflação reforçarem expectativas de que o Fed irá moderar o ritmo de elevação de juros. 

Por aqui, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve se reunir hoje com o ministro do Trabalho e Emprego, Luiz Marinho, no momento em que o governo discute o que fará com o valor do salário mínimo – se ele será ou não reajustado de R$ 1.302 para R$ 1.320. Amanhã, Haddad leva a agenda econômica ao Fórum de Davos, incluindo o plano de um novo arcabouço fiscal e aprovação de uma reforma tributária.

Ibovespa e Petrobras

O último pregão da semana passada operou no negativo durante todo o dia e a Bolsa do Brasil (B3) fechou em menos 0,84%, aos 110.916 pontos. O mercado refletiu o pacote da Fazenda que prevê transformação do déficit de R$ 231,5 bilhões em superávit de R$ 11,13 bilhões, conforme estimado pelo governo. As medidas foram aprovadas por analistas do mercado, mas não promoveram maior entusiasmo, já que eram esperadas mais medidas de cortes de gastos.

A indicação de Jean Paul Prates para a presidência da Petrobras foi confirmada na sexta-feira, em ofício enviado à companhia pelo Ministério de Minas e Energia (MME). O senador também vai ocupar uma cadeira de membro do conselho de administração da companhia.

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.

Últimas notícias