Tesouro direto

Selic a 12,25%: quanto rendem R$ 1 mil no Tesouro Direto com essa taxa de juros?

Confira o rendimento de dois títulos públicos simuladas pelo Bora Investir com a nova Selic

Mão segurando bloco de madeira
O investidor deve avaliar quais são as melhores alternativas para destinar seu dinheiro.

Por Redação B3 Bora Investir

A última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), do Banco Central do Brasil (BCB), confirmou as expectativas do mercado, dando continuidade à sequência de quedas de 0,5 ponto porcentual na taxa básica de juros do Brasil, a Selic. Agora, o juro básico do país está em 12,25% ao ano. Até a reunião de agosto deste ano, a Selic vinha sendo mantida no patamar de 13,75%, onde permaneceu por um ano.

É sempre esperado que um cenário de juros altos favoreça o mercado de renda fixa. Isso porque os títulos referenciados pelo índice ganham rentabilidade. É o caso de alguns títulos da dívida pública, como o Tesouro Selic.

Quanto rende o Tesouro Selic?

A rentabilidade anual do Tesouro Selic é a taxa básica de juros acrescida de uma pequena parcela prefixada. Atualmente, há dois títulos desse tipo disponíveis para aplicação: Tesouro Selic 2026 e Tesouro Selic 2029.

Segundo informações do Tesouro Direto, os títulos são indicados para objetivos de curto prazo, dadas as próximas datas de vencimento, em março de 2026 e de 2029.

É preciso levar em conta que os títulos não pagam juros semestrais, ou seja, o investidor não recebe pagamento de juros a cada seis meses, como acontece com outras aplicações, como alguns títulos do Tesouro IPCA+. Logo, o Tesouro Selic pode ser mais indicado a quem pode deixar o dinheiro render até o vencimento.

Para ilustrar como se dá a rentabilidade do Tesouro Selic, o Bora Investir simulou uma aplicação de R$ 1 mil nesses títulos. É possível investir no Tesouro Selic 2026 a partir de R$ 140,17 e no Tesouro Selic 2029 com R$ 139,05.

+ Como começar a investir com R$ 1, R$ 10 ou pouco mais de R$ 100

Simulação de aplicação de R$ 1.000 no Tesouro Selic 2026

Segundo o simulador do Tesouro Direto, aplicar R$ 1.000 hoje no Tesouro Selic 2026 renderia o valor bruto, sem considerar o Imposto de Renda (IR), de R$ 1.224,67 na data de vencimento, 1º de março de 2026. O valor líquido, após a cobrança do IR, é estimado em R$ 1.190,98.

Considerando o mesmo período e aporte, o retorno bruto é maior que o de outras aplicações de renda fixa, como letras de crédito, CDB e poupança. A comparação também é feita pelo simulador.

Já R$ 1.000 investidos hoje no Tesouro Selic 2029 renderiam o valor bruto de R$ 1.570,04 e líquido de R$ 1.484,54 na data de vencimento, 1º de março de 2029. O retorno também é superior ao de outras aplicações de renda fixa, como letras, CDB e poupança.

Para quem não está familiarizado com o mundo dos investimentos, o retorno do Tesouro Selic pode parecer modesto. Mas quanto mais tempo o investidor deixar seu dinheiro render com juros, mais retorno terá.

+ O que são juros? Entenda como funcionam, seus tipos e modalidades

Aliás, especialistas afirmam que um dos erros mais frequentes em relação ao dinheiro é acreditar que é possível enriquecer depressa. Essa falsa ideia pode induzir pessoas a caírem em golpes financeiros e esquemas de pirâmide.

Juros e renda variável

O cenário de juros altos tende a favorecer os investimentos em renda fixa. Mas a Selic já começou a cair, assim como a rentabilidade da renda fixa. Isso não quer dizer, entretanto, que essa classe de ativos seja carta fora do baralho: afinal, o juro básico brasileiro ainda está elevado.

Você também pode aprender mais com essa Masterclass sobre “Renda Fixa além do tradicional” — há outros cursos gratuitos sobre finanças no HUB de Educação Financeira da B3.

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.

Últimas notícias